quinta-feira, 9 de julho de 2015

O Exterminador do Futuro: Gênesis

Infelizmente, esta quinta parte deixa a desejar. O filme atrapalha toda a coerência temporal da narrativa da série e não explica como toda a bagunça, aqui, foi formada. Além disso, a ideia sobre as mudanças que contornam o persoagem John Connor poderão incomodar muita gente, principalmente por nos remeter aos fracos "Transcendence" e "Lucy". As cenas de ação são 'ok', nada de impressionante (algumas são absurdas até demais). Os efeitos visuais são irregulares: há momentos com bom realismo e outros muito plásticos. O legal foi a nostalgia ao revisitar o passado dos longas de James Cameron. O destaque é Schwarzenegger que está super a vontade, irônico e perfeito, pela quarta vez, como o robô exterminador. Inclusive, o argumento sobre o seu envelhecimento ficou convincente. É uma pena que tenha uma direção burocrática e um roteiro ruim.

O Exterminador do Futuro: Gênesis (Terminator Genisys)
2015, EUA - 124 minutos
Ficção Científica / Ação
Direção: Alan Taylor  
Roteiro: Gale Anne Hurd, Laeta Kalogridis, Patrick Lussier, James Cameron 
Elenco: Arnold Schwarzenegger, Emilia Clarke, Jai Courtney, Jason Clarke, Lee Byung-hun
Cotação: * *

Termômetro: 
- Humor: * * 
- Drama: * * 
- Romance: *  
- Fantasia: * * * * 
- Ação / Aventura: * * * 
- Policial: * 
- Suspense: * * *  
- Sexualidade: * * 
- Escatologia: *  
- Violência: * * *