quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Freiras nuas com grandes armas

“Freiras nuas com grandes armas” me chamou a atenção por seu título inusitado. Apesar do ‘erotismo’ titular, o filme não é uma produção pornô e se apresenta como um ‘rascunho tarantinesco’ de um longa sobre vingança que promete por sua premissa, mas derrapa por ter uma direção que demonstra amadorismo.
 
Após ser drogada, prostituída e sofrer lavagem cerebral por um clero corrupto, a irmã Sarah decide se vingar de todos que lhe fizeram mal. Ao mesmo tempo que Sarah mata seus ex-atormentadores, a Igreja contrata a impiedosa gangue de motoqueiros “Los Muertos” para perseguir e eliminá-la.
 
O filme tem uma temática perfeita para uma produção de Robert Rodriguez com roteiro de Quentin Tarantino, já que o fator vingança lembra muito “A balada do pistoleiro” com um visual de “El Mariachi”. No entanto, o projeto de cunho independente caiu nas mãos do diretor e roteirista Joseph Guzman (“Run! Bitch Run!”) que, infelizmente, não soube explorar o longa de maneira mais sedutora, principalmente ao trabalhar mal os estereótipos.
 
Apesar de algumas figuras que mereciam ser mais emblemáticas, o que faz do filme ser interessante é o modo como o roteiro expõe os clichês e elementos de ‘trash movie’. O elenco caricato, a produção tosca de fotografia quente, a violência crua (estilo Tarantino), a nudez (as vezes gratuita), a atmosfera underground, situações inusitadas e homoeróticas (lesbianismo), o humor negro, a sede de vingança e a ‘discórdia mística’ estão no longa e divertem o espectador.
 
Na ‘escola Tarantino’, Joseph Guzman provavelmente faltou às aulas de direção e produção, já que percebemos o amadorismo ao conduzir várias cenas em tons novelescos. Contudo, “Freiras nuas com grandes armas” vale pela edição bacana e pela curiosa (e por que não polêmica) premissa sobre a ‘corrupção religiosa’ que financia o tráfico de drogas com direito a ponta para continuação.
 
Freiras nuas com grandes armas (Nude Nuns with Big Guns)
EUA, 2010 – 88 minutos
Aventura
Direção: Joseph Guzman (Run Bitch Run)
Roteiro: Joseph Guzman, Robert James Hayes II
Elenco: Tawny Amber Young, Devanny Pinn, Asun Ortega, Bill Oberst Jr, Kimberly Ables Jindra, Ivet Corvea, Jessica Elder, Monica Ramon, Tomas Boykin, Sasha Stuber
Cotação: * * *